Centro de Estudos Sociais
sala de imprensa do CES
RSS Canal CES
twitter CES
facebook CES
youtube CES
14-07-2021        Expresso

A pandemia conteve manifestações de afeto e condicionou relações sociais, mudou rotinas e alterou comportamentos,transformou a maneira como trabalhamos e também a maneira como nos divertimos, mas a pandemia tirou-nos sobretudo da rua e deixou-nos em casa. E isso, dizem investigadores ouvidos pelo Expresso, fez com que as casas parecessem ora mais pequenas ora mais sufocantes, fez das casas escritórios e desses escritórios casas mais confusas, fez das casas o centro da vida e da vida um lugar apertado, mas estas novas circunstâncias criadas pela pandemia provocaram também alguns equívocos – “pensar que agora tudo se resolve em casa” – e até algumas regressões – entender “a casa como um castelo” e a “rua como o lugar do inimigo”. E tudo isso trouxe também uma nova conceção de espaço – e por vezes aurgência de uma casa digna. Este artigo é sobre as nossas casas, o que faz deste artigo algo sobre nós todos enquanto comunidade – uma comunidade condicionada pela pandemia mas uma comunidade ainda assim

Documentos
   LER ARTIGO   

 
 
pessoas
Gonçalo Canto Moniz



 
ligações
Projeto > URBiNAT
Núcleo de Estudos sobre Cidades, Culturas e Arquitectura