Centro de Estudos Sociais
sala de imprensa do CES
RSS Canal CES
twitter CES
facebook CES
youtube CES
25-09-2019        RFI [FR]

"Guiné-Bissau: Da Memória ao Futuro" percorre uma viagem sobre a imaginação e a construção da Guiné independente. A realizadora Diana Andringa mostra-nos de que forma é que a memória pode servir de instrumento à geração do presente para a construção do futuro.

O filme estreou ontem, no dia do 46.º aniversário da independência da Guiné-Bissau, foi escrito a quatro mãos pelos investigadores Diana Andringa e Miguel Cardina

Nos últimos 46 anos a Guiné-Bissau viveu períodos de grande fragilidade politica. Em 25 anos registou cinco eleições presidenciais, 10 golpes de estado, inúmeras quedas de governos, instabilidade que se mantêm até aos dias de hoje. Como é que os jovens guineenses olham para o futuro do país? A investigadora e realizadora Diana Andringa dá-nos algumas respostas.

O filme surge no âmbito do projecto CROME - Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio. As Guerras Coloniais e de Libertação em Tempos Pós-coloniais e é produzido pela Garden Films e pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.




 
 
pessoas
Diana Andringa



 
ligações
Destaque > Notícia > Documentário Guiné-Bissau: Da Memória ao Futuro estreia no 46.º aniversário da independência nacional do país
Projeto > CROME
Núcleo de Estudos sobre Humanidades, Migrações e Estudos para a Paz