Centro de Estudos Sociais
sala de imprensa do CES
RSS Canal CES
twitter CES
facebook CES
youtube CES
30-05-2019        Expresso

O ministro português da Defesa fala na necessidade de “honrar” quem morreu no cumprimento do seu dever e afirma mesmo tratar-se de “um dever de memória”. A dignificação dos militares portugueses que morreram na guerra colonial – e durante a I Guerra Mundial – em Angola só se tornou possível com o “desbloqueio” feito pelo Presidente João Lourenço, salienta um investigador. E se em Angola o processo passará algo despercebido, em Portugal poderá “obrigar a fazer novas reflexões.

Documentos
   LER ARTIGO   

 
 
pessoas
Vasco Martins



 
ligações
Projeto > CROME
Núcleo de Estudos sobre Humanidades, Migrações e Estudos para a Paz
 
temas
Estado Novo    Guerra Colonial    memória    Angola    guerrilheiros