Centro de Estudos Sociais
sala de imprensa do CES
RSS Canal CES
twitter CES
facebook CES
youtube CES
19-12-2013        

O Convento da Trindade, no centro histórico de Lisboa, foi um dos raros conventos que foram integralmente demolidos, na sequência da aplicação da Lei de Extinção. Trata-se de um processo bastante peculiar uma vez que a demolição foi decisão súbita e inesperada que interrompeu o processo da readaptação que havia sido decidida e tinha projeto arquitetónico detalhado.

Não sendo ainda possível elucidar definitivamente este caso, abordarei as transformações que ocorreram no sítio do velhíssimo convento. O que pretendo não é apenas descrever a urbanização ocorrida – centrada na abertura da Rua Nova da Trindade – mas sobretudo auscultar sobrevivências físicas e simbólicas do desaparecido convento e refletir sobre a sua imaginabilidade, no pressuposto de que, na cidade, a morte é uma subtil alquimia de transposições.

(Comunicação da quarta sessão do Coloquio Internacional "Cidade e arquitetura conventual")




 



 
ligações
Evento > Colóquio Internacional > Cidade e arquitetura conventual
Núcleo de Estudos sobre Cidades, Culturas e Arquitectura