Centro de Estudos Sociais
sala de imprensa do CES
RSS Canal CES
twitter CES
facebook CES
youtube CES
11-03-2013        

Nessa entrevista, Elísio Macamo, por meio de frases marcantes como a ilusão de que a historia é uma maquina justa e existe vida para além dos conceitos que nós utilizamos, tece comentários sobre cânone temático amplo. Através de uma sociologia crítica, Elísio Macamo disseca a ambivalência da modernidade em África impressa pelo colonialismo e pelas políticas de auxílio ao desenvolvimento, bem como analisa e relaciona estruturalmente o conhecimento científico, com outras formas de saberes, como os saberes endógenos. Em seqüência, o autor discorre sobre as distintas formas de protesto social e a sua não direta relação com movimentos sociais. Por fim, o autor debate os pressupostos da sociologia do risco, utilizando como exemplos a Europa e o Estados Unidos.
Esta entrevista foi realizada por Fernando Goya Maldonado.
Pode encontrar mais videos e outros materiais em alice.ces.uc.pt


In this interview, Elísio Macamo comments on broad thematic canon through the use of catchy phrases like the illusion that History is just a machine and there is life beyond the concepts we use. By applying a critical sociology, Elísio Macamo dissects the ambivalence of modernity in Africa imprinted by colonialism and the politics of development aid. He analyses scientific knowledge, together with other forms of knowledge, and compares them with endogenous knowledge. In sequence, the author discusses the different forms of social protest and their non-direct relation with social movements. Finally, the author discusses the assumptions of the sociology of risk, using as examples Europe and the United States.
This interview was carried out by Fernando Goya Maldonado.
You can find more videos and other materials in alice.ces.uc.pt




 



 
ligações
Projeto > ALICE
Núcleo de Estudos sobre Democracia, Cidadania e Direito