Centro de Estudos Sociais
sala de imprensa do CES
RSS Canal CES
twitter CES
facebook CES
youtube CES
14-06-2018        

Uma crítica feminista das Epistemologias do Sul permite distinguir com maior clareza que a racionalidade abissal inscrita no pensamento moderno logocêntrico é também androcêntrico e antropocêntrico. Por outras palavras, a separação abissal está também reflectida no sexismo, entendido enquanto sistema de disjunção e hierarquização com base na oposição entre feminino e masculino reduzidos a atributos biossociais criados e alimentados por si. Este seminário tem, assim, dois objetivos: fazer uma crítica feminista das Epistemologias do Sul e, a partir dessa crítica, reflectir sobre a dicotomia entre trabalho produtivo e reprodutivo.




 
 
pessoas
Teresa Cunha



 
ligações
Evento > Seminário ECOSOL-CES > A crítica feminista das Epistemologias do Sul  e a invenção do trabalho reprodutivo das mulheres
Núcleo de Estudos sobre Políticas Sociais, Trabalho e Desigualdades