Centro de Estudos Sociais
sala de imprensa do CES
RSS Canal CES
twitter CES
facebook CES
youtube CES
04-04-2018        

A palestra de Cecília MacDowell Santos abordou as possibilidades e os limites da mobilização do direito internacional dos direitos humanos para se confrontar a política reacionária de direitos humanos que tem conquistado mais espaço no âmbito do aparato estatal no Brasil. Esta política tem legitimado e promovido a perseguição a ativistas de direitos humanos, especialmente líderes de comunidades marginalizadas em função da classe social, da raça e do género, na América Latina. Embora esta perseguição não seja um fenómeno recente, recrudesceu nos últimos anos, a par da retoma do poder por regimes da direita conservadora. Estes defendem um entendimento (neo)liberal dos direitos humanos, que disfarça posições fascistas, desautoriza e tende a mostrar como obsoleta a defesa dos direitos humanos, inclusive pelo ativismo legal, em escalas local, nacional e transnacional. A investigadora discutiu a necessidade de um entendimento anticolonial e interseccional dos direitos e de formas de luta pelos direitos humanos capazes de contrariar estas agendas políticas neoliberais, neocoloniais e reacionárias.[PT]


[EN] Cecília MacDowell Santos's lecture touched upon the possibilities and the limits of the mobilization of human rights international law to confront the human rights reactionary politics that has been gaining ground amidst the state apparatus in Brazil. This politics has legitimized and promoted the persecution of several human rights activists, especially leaders of communities that are marginalized on account of racial, social class and gender issues in Latin America. Although this form of persecution is not a recent phenomenon, it has increased in line with the return to power of regimes on the conservative right. These regimes advocate a (neo)liberal understanding of human rights that masks fascist positions, while also disauthorizing and deeming as obsolete the defense of human rights at local, national and transnational scales, including by legal activists. Santos also discussed the need for an anticolonial and interseccional understanding of rights, alonside forms of human rights struggles that will be able to oppose the neoliberal, neocolonial, and reactionary political agendas. 

 
 
pessoas
Cecília MacDowell Santos



 
ligações
Evento > Colóquio Internacional > Reinventing The Social: Movements and Narratives of Resistance, Dissension, and Reconciliation in the Americas
Projeto > POLITICS
Doutoramento > Human Rights in Contemporary Societies
Núcleo de Estudos sobre Humanidades, Migrações e Estudos para a Paz
Núcleo de Estudos sobre Democracia, Cidadania e Direito
 
temas